LOGIN TO YOUR ACCOUNT

Username
Password
Remember Me
Or use your Academic/Social account:

CREATE AN ACCOUNT

Or use your Academic/Social account:

Congratulations!

You have just completed your registration at OpenAire.

Before you can login to the site, you will need to activate your account. An e-mail will be sent to you with the proper instructions.

Important!

Please note that this site is currently undergoing Beta testing.
Any new content you create is not guaranteed to be present to the final version of the site upon release.

Thank you for your patience,
OpenAire Dev Team.

Close This Message

CREATE AN ACCOUNT

Name:
Username:
Password:
Verify Password:
E-mail:
Verify E-mail:
*All Fields Are Required.
Please Verify You Are Human:
fbtwitterlinkedinvimeoflicker grey 14rssslideshare1
Publisher: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Journal: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Languages: Portuguese
Types: Article
Subjects:
A comunicação apresenta as últimas mudanças em torno da arquitectura organizacional da Administração Pública (AP) portuguesa, sobretudo as que implicam a reestruturação dos serviços centrais dos Ministérios e a implementação de actividades de gestão dos arquivos e dos recursos de informação e documentação arquivística, no âmbito das secretarias-gerais, enquadradas pelas novas leis orgânicas publicadas em 27 de Outubro de 2006. Depois procura responder a várias questões críticas em torno destas transformações: O que deviam fazer e o que fizeram os organismos e as secretarias-gerais para preparar a mudança para os novos cenários ? Qual o melhor modelo e estrutura para optimizar o funcionamento dos sistemas de arquivo dos organismos da Administração Central do Estado e a ajuda arquivística prestada pelas secretarias-gerais? Qual o apoio que o órgão de coordenação da política nacional de arquivos pode e deve fornecer ao processo de mudança ?A parte final da comunicação aborda os produtos e serviços disponibilizados pelo Instituto dos Arquivos Nacionais/Torre do Tombo (IAN/TT) para suportar o processo de transformação organizacional e arquivístico, a exemplo das “Orientações para a gestão de documentos de arquivo no contexto de uma reestruturação da Administração Central do Estado”. Analisa ainda os que poderão ou deverão ser criados pela nova Direcção-Geral de Arquivos (DGARQ) para transformar o que parecem ser ameaças em oportunidades para a qualificação dos sistemas de arquivo da AP, componente fundamental da rede nacional. Entre todos eles, destaca-se a possibilidade de desenvolvimento de programas de apoio aos arquivos dos organismos da Administração Central do Estado que permitam estimular a adopção generalizada de políticas e boas práticas de gestão integrada de arquivos, possibilitando deste modo uma melhor gestão da informação e do conhecimento nestas organizações, com evidentes benefício para elas e para os cidadãos – clientes.

Share - Bookmark

Cite this article