LOGIN TO YOUR ACCOUNT

Username
Password
Remember Me
Or use your Academic/Social account:

Congratulations!

You have just completed your registration at OpenAire.

Before you can login to the site, you will need to activate your account. An e-mail will be sent to you with the proper instructions.

Important!

Please note that this site is currently undergoing Beta testing.
Any new content you create is not guaranteed to be present to the final version of the site upon release.

Thank you for your patience,
OpenAire Dev Team.

Close This Message

CREATE AN ACCOUNT

Name:
Username:
Password:
Verify Password:
E-mail:
Verify E-mail:
*All Fields Are Required.
Please Verify You Are Human:

OpenAIRE is about to release its new face with lots of new content and services.
During September, you may notice downtime in services, while some functionalities (e.g. user registration, login, validation, claiming) will be temporarily disabled.
We apologize for the inconvenience, please stay tuned!
For further information please contact helpdesk[at]openaire.eu

fbtwitterlinkedinvimeoflicker grey 14rssslideshare1
Meireles, Paula Cristina (2015)
Publisher: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Journal: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Languages: Portuguese
Types: Article
Subjects: Rede; Ciência; Investigação; Arquivos
 O Arquivo de Ciência e Tecnologia assume responsabilidades de salvaguarda do seu acervo como fonte primária essencial para a História da Ciência em Portugal no decurso do séc. XX.A razão de existência de um arquivo passa pela utilização que dele é feita, das pesquisas e consultas realizadas, dos trabalhos científicos produzidos, das relações estabelecidas…É inegável que nenhum arquivo deva existir fechado sobre si mesmo. Qualquer produtor existiu num determinado contexto, estabeleceu determinadas relações e interagiu com determinadas entidades coletivas ou individuais. São estas ligações, é o desenho desta rede, é esta contextualização que dá vida ao arquivo e o coloca numa noutra dimensão, de ponto de partida e não de ponto de chegada. Tendo como referência o caminho já percorrido pelo Arquivo de Ciência e Tecnologia, pretende-se com esta intervenção contribuir para uma reflexão sobre este arquivo, o que representa, que estratégias tem seguido e o que pode ser feito para potenciar o conhecimento no domínio da investigação científica nacional e assim criar “valor”.  
  • No references.
  • No related research data.
  • No similar publications.

Share - Bookmark

Cite this article

Cookies make it easier for us to provide you with our services. With the usage of our services you permit us to use cookies.
More information Ok