LOGIN TO YOUR ACCOUNT

Username
Password
Remember Me
Or use your Academic/Social account:

CREATE AN ACCOUNT

Or use your Academic/Social account:

Congratulations!

You have just completed your registration at OpenAire.

Before you can login to the site, you will need to activate your account. An e-mail will be sent to you with the proper instructions.

Important!

Please note that this site is currently undergoing Beta testing.
Any new content you create is not guaranteed to be present to the final version of the site upon release.

Thank you for your patience,
OpenAire Dev Team.

Close This Message

CREATE AN ACCOUNT

Name:
Username:
Password:
Verify Password:
E-mail:
Verify E-mail:
*All Fields Are Required.
Please Verify You Are Human:
fbtwitterlinkedinvimeoflicker grey 14rssslideshare1
Publisher: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Journal: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Languages: Portuguese
Types: Article
Subjects: Arquivos Académicos, Curadoria Digital, Serviço Social - História
O registo digital continua a ser o fim último para uma parte considerável dos resultados de atividades de pesquisa. Apesar de se reconhecer o seu elevado valor, esses dados correm o risco de serem perdidos, não só pelo acesso a uma tecnologia obsoleta mas também pela fragilidade inerente aos próprios registos digitais.Dessa forma, a gestão de dados de pesquisa num ambiente distribuído e em rede torna-se um desafio crescente para o mundo da pesquisa e para a ciência da informação. No domínio académico esta questão reveste-se de particular acutilância.Confrontando-se com esse desafio, o estudo dos arquivos das primeiras escolas de Serviço Social desde cedo enveredou pelo domínio da curadoria digital atendendo à necessidade de preservar em concreto o arquivo académico da primeira escola portuguesa de Serviço Social. Nessa direção, a presente comunicação resume brevemente os passos percorridos neste projeto, a importância dos dados reunidos, a construção da ideia de curadoria digital, bem como os seus impactos na pesquisa, na formulação de novos documentos, na comunicação científica e na salvaguarda da memória institucional.O projeto pretende debruçar-se sobre a história do Serviço Social em Portugal e no mundo e, em particular, sobre a emergência das primeiras instituições educativas de serviço social, assente sobretudo no estudo do património documental e arquivístico dessas escolas. Este estudo pretende reunir diferentes visões e perspetives disciplinares desenvolvidas por uma rede de investigadores nacionais e estrangeiros, de forma a alavancar a agenda global para o Serviço Social.Em Portugal, a primeira escola de Serviço Social foi criada em 1935, então com a designação de Instituto de Serviço Social de Lisboa (ISSL), em consonância com o movimento de emergência e institucionalização de outras escolas em Portugal e das primeiras escolas de Serviço Social em todo o mundo. Ao longo do tempo, foi acumulando não só um património de conhecimento em áreas específicas de intervenção e investigação, construindo paradigmas que serviram e servem de base à atuação profissional dos assistentes sociais, como também construiu um património específico de técnicas, métodos, conhecimentos, obras de referência, costumes e hábitos profissionais. Paralelamente, foi desenvolvendo uma identidade e presença na sociedade portuguesa através de uma experiência pedagógica singular na formação de muitas gerações de profissionais que exerceram e exercem um papel relevante ao nível da intervenção social, não só em Portugal, como em muitos outros países espalhados por vários continentes, e que poderão agora constituir-se como testemunhos privilegiados para a construção da história desta instituição educativa e da história do Serviço Social.Integrado desde 2006 na Fundação Minerva – Cultura – Ensino e Investigação Científica / Universidade Lusíada de Lisboa (FM-ULL), o Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa (ISSSL) poderá devolver a toda a comunidade científica 80 anos de conhecimento acumulado e continuar a marcar indelevelmente o Serviço Social nacional e internacional.Com este estudo pretende-se fazer o tratamento e a organização dos acervos documentais do ISSSL, com o objetivo de estudar, inventariar, preservar e divulgar os seus conteúdos através da aplicação de práticas arquivísticas, biblioteconómicas e museológicas. A abordagem técnica será acompanhada por uma análise teórica apoiada na História, no Serviço Social, na Ciência da Informação, na Ciência Política, nas Ciências da Educação, na Sociologia e na Antropologia. Os resultados deste trabalho serão disponibilizados numa base de dados, num catálogo impresso e num portal na Internet.Em suma, com este projeto de investigação pretende-se:Estabelecer parcerias com instituições marcantes da sociedade portuguesa e com as quais no passado o ISSSL esteve intimamente ligado, permitindo assim estabelecer uma ponte com a trajetória histórica do Serviço Social em Portugal e desenvolver estudos neste domínio.Estabelecer parcerias com instituições educativas estrangeiras / unidades de investigação ligadas ao desenvolvimento desta linha de investigação sobre as primeiras escolas de Serviço Social, permitindo o estabelecimento e desenvolvimento de uma rede de investigação concertada e interdisciplinar em torno do estudo dos arquivos académicos.Organizar o património documental existente e recuperar a documentação ligada ao ISSSL, nos diferentes períodos históricos até à atualidade, permitindo um acesso às fontes históricas por parte dos investigadores.Apoiar o desenvolvimento de estudos no domínio da história das instituições / organizações com as quais o ISSSL esteve intimamente ligado em trajetórias marcantes da sociedade portuguesa, e das quais o Instituto guarda peças documentais únicas e de valor histórico inestimável, permitindo estabelecer uma ponte com a História Social e o Serviço Social em Portugal.Articular com espólios e outras fontes documentais ligadas ao ISSSL, através do estabelecimento de parcerias e organização de eventos.Reconstruir, através da metodologia da história oral, testemunhos de antigos alunos, professores e colaboradores do ISSSL.Produzir e divulgar informação especializada com ligação à atividade atual do ISSSL.Criar o museu virtual que, para além de possibilitar uma consulta em linha de diversas fontes documentais, permitirá aos interessados aceder a uma parcela da história do Serviço Social em Portugal e no mundo, tendo em conta o estudo comparado desta matéria.Divulgar e produzir informação de suporte à investigação em Serviço Social em geral.O projeto de pesquisa partiu de duas vertentes essenciais, isto é, debruçar-se sobre o estudo do património documental e arquivístico da primeira escola de Serviço Social em Portugal - Instituto de Serviço Social de Lisboa - nos diferentes períodos históricos e nas suas diferentes componentes organizacionais resultantes da atividade de ensino, mas também, e por outro lado alinhar-se com o estudo das primeiras instituições educativas em todo o mundo, articulando-se com vários investigadores estrangeiros tendo em vista a formação de uma rede internacional.O desafio é complexo, pelo que nesta comunicação se dará conta da abordagem em forma de ciclo de vida da curadoria e de como todas as ações foram identificadas, planeadas e implementadas de forma a garantir a manutenção da autenticidade, confiabilidade, integridade e usabilidade do objeto digital.

Share - Bookmark

Cite this article