LOGIN TO YOUR ACCOUNT

Username
Password
Remember Me
Or use your Academic/Social account:

CREATE AN ACCOUNT

Or use your Academic/Social account:

Congratulations!

You have just completed your registration at OpenAire.

Before you can login to the site, you will need to activate your account. An e-mail will be sent to you with the proper instructions.

Important!

Please note that this site is currently undergoing Beta testing.
Any new content you create is not guaranteed to be present to the final version of the site upon release.

Thank you for your patience,
OpenAire Dev Team.

Close This Message

CREATE AN ACCOUNT

Name:
Username:
Password:
Verify Password:
E-mail:
Verify E-mail:
*All Fields Are Required.
Please Verify You Are Human:
fbtwitterlinkedinvimeoflicker grey 14rssslideshare1
Publisher: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Journal: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Languages: Portuguese
Types: Article
Subjects: Acesso aberto, repositórios institucionais, revistas científicas portuguesas, políticas de auto arquivo, Projeto Blimunda, Projeto Sherpa/RoMEO
Com esta comunicação pretende-se descrever e divulgar o trabalho que tem sido desenvolvido e os resultados obtidos no âmbito do Projeto Blimunda. Esta iniciativa surgiu no contexto do projeto RCAAP e está a ser desenvolvido na Divisão de Documentação e Biblioteca da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa [4], com o objetivo de identificar as políticas das editoras e revistas científicas portuguesas em relação ao auto arquivo em Repositórios Institucionais. Após uma breve introdução que contextualiza o Projeto e que indica os seus objetivos principais, descrevem-se as várias etapas do mesmo e as atividades realizadas, assim como, os principais resultados obtidos e que refletem a natureza da relação das editoras e revistas científicas portuguesas com o Acesso Aberto. Por fim, tecem-se algumas considerações sobre as dificuldades encontradas e lições aprendidas no decurso do contacto com as editoras e os responsáveis das revistas científicas. Espera-se que o trabalho desenvolvido e os resultados obtidos, possam servir de estímulo para as editoras e revistas que ainda não têm uma política de auto arquivo definida, aderirem ao projeto e, mais ainda, ao Acesso Aberto.

Share - Bookmark

Cite this article