LOGIN TO YOUR ACCOUNT

Username
Password
Remember Me
Or use your Academic/Social account:

CREATE AN ACCOUNT

Or use your Academic/Social account:

Congratulations!

You have just completed your registration at OpenAire.

Before you can login to the site, you will need to activate your account. An e-mail will be sent to you with the proper instructions.

Important!

Please note that this site is currently undergoing Beta testing.
Any new content you create is not guaranteed to be present to the final version of the site upon release.

Thank you for your patience,
OpenAire Dev Team.

Close This Message

CREATE AN ACCOUNT

Name:
Username:
Password:
Verify Password:
E-mail:
Verify E-mail:
*All Fields Are Required.
Please Verify You Are Human:
fbtwitterlinkedinvimeoflicker grey 14rssslideshare1
Publisher: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Journal: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Languages: Portuguese
Types: Article
Subjects: Esquema de metadado; Europeana; Linked Open Data; Web semântica; Informação bibliográfica
Este artigo tem por objetivo apresentar os esquemas de metadados definidos pela Europeana para a agregação de dados, no contexto da evolução do esquema Europeana Semantic Elements (ESE) para o Europeana Data Model (EDM), que visa o enriquecimento dos dados agregados, a normalização de valores e a respetiva formalização como Linked Open Data (LOD). A evolução da Europeana de um esquema plano de metadados, para um modelo em que se pretende a integração dos dados agregados em redes semânticas de recursos surge no contexto da web semântica e dos objetivos de um serviço de agregação de dados nesse ambiente. Assim, começa-se por apresentar o conceito e os princípios da web semântica. Analisa-se depois as vantagens da respetiva aplicação aos recursos criados por bibliotecas e descreve-se os desafios decorrentes da representação de dados bibliográficos num formato que permita a sua utilização interativa na web, partindo da análise de iniciativas já existentes de bibliotecas que disponibilizam os seus dados como LOD. No contexto da agregação de dados como serviços para a descoberta e a reutilização de recursos num sistema de informação global; descreve-se o esquema ESE definido para o mapeamento de dados provenientes de diversos setores do património cultural num conjunto comum de elementos, que são depois recolhidos e indexados pela Europeana numa base de dados central, para pesquisa e apresentação de resultados ao utilizador final. Apresenta-se, como caso prático, o mapeamento de campos UNIMARC para o formato ESE, efetuado no contexto da implementação do serviço RNOD (Registo Nacional de Objetos Digitais), para agregação de informação bibliográfica de entidades portuguesas. Este artigo introduz os requisitos e princípios fundamentais do EDM, enquanto novo modelo de dados da Europeana que, não se substituindo ao ESE e sendo compatível com esse esquema, pretende resolver problemas suscitados pelo efeito redutor do esquema ESE sobre a riqueza semântica dos metadados dos vários fornecedores. Explica-se de que forma o EDM possibilita que cada fornecedor da Europeana estruture os seus dados sem que a respetiva riqueza original se perca e, por outro lado, de que modo o EDM permite a agregação desses metadados na Europeana e o seu enriquecimento com ligações a outros recursos de contextualização na web. Neste contexto, o artigo apresenta as classes e propriedades próprias do EDM, analisando a aplicação do EDM que está a ser realizada num projeto piloto, em que a Biblioteca Nacional de Portugal (BNP) participa, e que consiste na constituição de um repositório de dados LOD. 
  • No references.
  • No related research data.
  • No similar publications.

Share - Bookmark

Cite this article