LOGIN TO YOUR ACCOUNT

Username
Password
Remember Me
Or use your Academic/Social account:

CREATE AN ACCOUNT

Or use your Academic/Social account:

Congratulations!

You have just completed your registration at OpenAire.

Before you can login to the site, you will need to activate your account. An e-mail will be sent to you with the proper instructions.

Important!

Please note that this site is currently undergoing Beta testing.
Any new content you create is not guaranteed to be present to the final version of the site upon release.

Thank you for your patience,
OpenAire Dev Team.

Close This Message

CREATE AN ACCOUNT

Name:
Username:
Password:
Verify Password:
E-mail:
Verify E-mail:
*All Fields Are Required.
Please Verify You Are Human:
fbtwitterlinkedinvimeoflicker grey 14rssslideshare1
Publisher: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Journal: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Languages: Portuguese
Types: Article
Subjects:
As Parcerias, Redes e Movimentos Sociais que emergem do domínio público e da cidadania alcançam um papel crescente dos níveis locais aos internacionais e fazem, cada vez mais, parte da agenda social e política, exercendo uma crescente influência simbólica e prática nas sociedades e atraindo um número cada vez maior de investigadores e investigadoras de diversas áreas. Castells, por exemplo, afirma que os Movimentos Sociais “representam os verdadeiros produtores e distribuidores de códigos culturais” (2000). Para Smith, Chatfield e Pagnucco essa influência crescente dar-se-ia “por meio do fortalecimento da informação e contra-informação política, do alinhamento de estratégias de actuação, da partilha de metas e de outros tipos de apoio recíproco”.  Desta forma, estas estruturas inter organizacionais “conseguem ligar o local, o nacional com o global, assim como as arenas políticas inter e transgovernamentais, criando assim uma nova estrutura de política global que desagrega o Estado e a política local na intersecção dos níveis nacional e internacional” (1997). As teorias mais recentes sobre o surgimento e desenvolvimento destas “organizações de organizações” encontram apoio no reconhecimento da importância do conhecimento como recurso fundamental na concretização dos objetivos individuais, organizacionais, intra e interorganizacionais. De um modo geral, a formação de Redes e Parcerias, nos seus diversos níveis e aplicações, tem sido considerada, tanto na prática quanto na teoria, como um mecanismo de flexibilização das relações entre as pessoas, capaz de potencializar o compartilhamento de informação entre organizações e indivíduos e de contribuir para a geração de conhecimento e inovação tecnológica (Austin, 2001). É hoje claro que as Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) e as potencialidades decorrentes da Sociedade da Informação estão a ser aproveitadas pelas organizações e pelos movimentos sociais no sentido de um alargamento do seu âmbito de actuação e impacto, ou mesmo na busca de “um outro mundo possível”. A Internet, ao não exigir a presença física, permitiu alargar os âmbitos de implementação de forma extraordinária e encontrar complementaridades para a discussão e para o trabalho até hoje impossíveis. Alguns autores referem a emergência de um novo modelo de gestão social, voltado para a formação de redes e para o desenvolvimento de projectos inovadores com fins sociais (Schlemm e Souza, 2004)É no sentido de aprofundar, do ponto de vista do objecto social informação, a investigação sobre os modelos teóricos, práticas informacionais, uso das tecnologias, monitorização e resultados mensuráveis de eficácia, eficiência e satisfação das necessidades de informação dos/as vários/as agentes envolvidos e das iniciativas e movimentos onde se desenvolvem, que o Projecto de Doutoramento “A Ciência da Informação na Gestão de Projectos Europeus e Internacionais. A Iniciativa Comunitária EQUAL e a Marcha Mundial das Mulheres”, cujo desenvolvimento, opções teóricas e metodológicas se pretendem expor nesta comunicação, se enquadra, sendo que a extracção de resultados pode significar importantes mais valias para os casos, cada vez mais frequentes e incontornáveis, de organizações (privadas ou públicas), movimentos, pessoas, a trabalhar projectos em Rede ou Parceria numa escala globalizada. Este Projecto de Doutoramento decorre na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, sob a orientação do Prof. Dr. Armando Malheiro da Silva.
  • No references.
  • No related research data.
  • No similar publications.

Share - Bookmark

Cite this article