LOGIN TO YOUR ACCOUNT

Username
Password
Remember Me
Or use your Academic/Social account:

CREATE AN ACCOUNT

Or use your Academic/Social account:

Congratulations!

You have just completed your registration at OpenAire.

Before you can login to the site, you will need to activate your account. An e-mail will be sent to you with the proper instructions.

Important!

Please note that this site is currently undergoing Beta testing.
Any new content you create is not guaranteed to be present to the final version of the site upon release.

Thank you for your patience,
OpenAire Dev Team.

Close This Message

CREATE AN ACCOUNT

Name:
Username:
Password:
Verify Password:
E-mail:
Verify E-mail:
*All Fields Are Required.
Please Verify You Are Human:
fbtwitterlinkedinvimeoflicker grey 14rssslideshare1
Leal, Ana Catarina Pereira Mendes (2005)
Publisher: Universidade de Aveiro
Languages: Portuguese
Types: Master thesis
Subjects: Gestão pública, Relações económicas, Diplomacia portuguesa, Investimento português, Internacionalização de empresas
O presente trabalho propõe-se abordar a Diplomacia Económica e tentar compreender o seu lugar na promoção do investimento português no Brasil entre 1997-2001. A Dissertação é composta por cinco capítulos, contendo uma vasta bibliografia comentada. Começa-se por enquadrar historicamente o desenvolvimento da diplomacia económica e a evolução da lógica da intervenção económica externa do Estado e o seu papel. Seguidamente, analisa-se a importância da Nova Política para a Internacionalização e a sua articulação com o investimento português no Brasil. Neste processo de internacionalização, participaram empresas dos sectores infra-estruturais com participações do Estado: PT, EDP, CIMPOR e BRISA (apesar de esta quando iniciou a sua internacionalização para o Brasil já se encontrar totalmente privatizada). Com o objectivo de se obter uma primeira estimativa do que terá ocorrido em termos de papel do Estado, é apresentada uma aproximação da actuação do Governo no sentido de abrir espaço para as empresas portuguesas no processo de privatizações no Brasil. Com esse objectivo, procedeu-se a um conjunto de entrevistas acompanhadas de um questionário, com a finalidade de recolher informações que reflectissem as várias perspectivas dos actores que estiveram mais envolvidos no processo, nomeadamente: a governamental, a diplomática e a empresarial. Analisa-se, ainda, a formação de “núcleos duros” de controlo das empresas envolvidas na expansão para o Brasil e o estabelecimento de alianças ibéricas para actuarem em conjunto no país irmão. No último capítulo, estuda-se a questão da sustentabilidade futura do investimento das empresas nacionais no Brasil, avaliando-se a intervenção do Estado português – enquanto diplomacia económica - nesta acção de investimento; e analisa-se a própria sustentabilidade futura deste processo através de um SWOT. Na conclusão são expostas as ilações da investigação realizada, salientando a importância da diplomacia económica, como um dos eixos de actuação dos Estados, no novo contexto internacional. ABSTRACT: The objective of this Dissertation is to understand the role of Economic Diplomacy in propelling Portuguese investment in Brazil, between 1997 and 2001. The Dissertation is divided into five chapters with an immense bibliography commented. It begins by presenting the historical framework from which economic diplomacy emerged, and the means by which the State’s external economic logic and its role evolved. Then, it analyses the importance of the New Policy for Internationalisation and its relation to Portuguese investment in Brazil. The enterprises of the infrastructural sectors with State participation were present in this internationalisation process, namely PT, EDP, CIMPOR and BRISA (although the last one begun its internationalisation when it was already totally privatised). In order to obtain a first glimpse at the role of the State in assisting Portuguese enterprises to gain access to Brazil’s privatisation process, we outline the results of interviews followed with an inquiry with several personalities, who were intricately involved in the process in order to understand the distinct viewpoint of the three different sectors involved: the government, management and diplomats. After that, we analyse the establishment of “hard core units” to control enterprises involved in expanding to Brazil and the formation of Iberian Alliances to act in unison in Brazil. The last chapter studies the question of the sustainability of the investment of Portuguese enterprises in Brazil. Firstly, we evaluate the Portuguese State’s intervention – through economic diplomacy – in this particular investment initiative. We also conduct a SWOT analysis. The conclusions state the importance of economic diplomacy, as one of governments’ most effective tools in the new international context. Mestrado em Gestão Pública
  • The results below are discovered through our pilot algorithms. Let us know how we are doing!

    • A Economia Brasileira nos Anos 90, 1ª ed., Rio de Janeiro: BNDES, 1999.
    • ABEGÃO, Jorge, “Política Pública, Internacionalização e Envolvente Empresarial”, in Janus 2005, Lisboa: Público e Universidade Autónoma de Lisboa, Dezembro de 2004, pp. 60-61.
    • BRISA, Relatório e Contas 2001, S. Domingos de Rana, 2002.
    • CARETO, José Ferrari, “As Telecomunicações Portuguesas num Cenário de Alianças”, in Janus 98, Lisboa: Público e Universidade Autónoma de Lisboa, Novembro de 1997, pp.64-65.
    • CARRIERE, Guy Carron de la, La Diplomatie Economique, Le Diplomate et Le Marché, Paris: Economica, 1998.
    • CCR, Relatório Anual 2001, São Paulo, 2002.
    • CGD, Relatório e Contas 2000, Lisboa, Março 2001.
    • CGD, Relatório e Contas 2001, Lisboa, Março 2002.
    • CERVO, Amado Luíz, “A Política Exterior do Brasil: de Cardoso a Lula”, in As Políticas Exteriores de Brasil e Portugal - Visões Comparadas, Lisboa: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Maio de 2004, pp. 71-77.
    • CIMPOR, Relatório e Contas 1997, Lisboa, 1998.
    • CIMPOR, Relatório e Contas 1998, Lisboa, 1999.
    • CIMPOR, Relatório e Contas 1999, Lisboa, 2000.
    • CIMPOR, Relatório e Contas 2000, Lisboa, 2001.
    • CIMPOR, Relatório e Contas 2001, Lisboa, 2002.
    • CLARO, Maria Arménia e ESCÁRIA, Susana, “O Investimento de Portugal no Exterior - Fluxos e Destinos”, in Prospectiva e Planeamento: O Investimento Português no Estrangeiro - Brasil, Vol. 9, n.º especial, Departamento de Prospectiva e Planeamento, Lisboa: DPP, 2003, pp. 87-95.
    • CRUZ, Eduardo, “Competitividade da Economia Portuguesa”, in Janus 2002, Lisboa: Público e Universidade Autónoma de Lisboa, Novembro de 2001, pp. 54-55.
    • DESPACHO Conjunto n.º 39/2004, D.R. II Série, n.º 18, (04/01/22), pp. 1010-1011.
  • No related research data.
  • No similar publications.

Share - Bookmark

Cite this article