LOGIN TO YOUR ACCOUNT

Username
Password
Remember Me
Or use your Academic/Social account:

CREATE AN ACCOUNT

Or use your Academic/Social account:

Congratulations!

You have just completed your registration at OpenAire.

Before you can login to the site, you will need to activate your account. An e-mail will be sent to you with the proper instructions.

Important!

Please note that this site is currently undergoing Beta testing.
Any new content you create is not guaranteed to be present to the final version of the site upon release.

Thank you for your patience,
OpenAire Dev Team.

Close This Message

CREATE AN ACCOUNT

Name:
Username:
Password:
Verify Password:
E-mail:
Verify E-mail:
*All Fields Are Required.
Please Verify You Are Human:
fbtwitterlinkedinvimeoflicker grey 14rssslideshare1
CAVALCANTI, Paulo Henrique Azevedo de Holanda (2014)
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Languages: Spanish; Castilian
Types: Doctoral thesis
Subjects: Terapia a laser, Carcinogênese, Imiquimode., Carcinoma.
O imiquimode é uma droga imunomoduladora que tem sido empregada no tratamento de neoplasias cutâneas. Sua ação em carcinoma oral não está bem definida. Este estudo teve como objetivo avaliar os efeitos do imiquimode, associado ou não ao LASER de baixa intensidade λ(808nm), em carcinomas orais induzidos quimicamente em camundongos. Vinte animais foram induzidos a carcinogênese através do N-óxido de 4-nitroquinoleína (4NQO) na água de beber. Após 16 semanas, foram divididos aleatoriamente em quatro grupos, com cinco camundongos cada. Os animais do grupo 1 (controle positivo) não receberam intervenção. No grupo 2 (Laser) os amimais foram irradiados com LASER de baixa intensidade (λ808nm), 12 aplicações em dias alternados. No grupo 3 (imiquimode) os animais receberam 12 aplicações de imiquimode creme em dias alternados. Já os animais do grupo 4 receberam as 12 aplicações do imiquimode seguidas da irradiação com o LASER. Ao final do tratamento os animais foram submetidos a eutanásia e as amostras encaminhadas para estudo histológico através de microscopia. Os resultados demonstraram a presença de tumores malignos em todos os grupos, tendo o G3 os maiores índices 100% e o G1, G2 e G4 60%. Além disso, segundo o grau histológico, o G3 apresentou diferença estatisticamente significante superior ao G1 (p=0,022). Neste trabalho, o tratamento com imiquimode potencializou o desenvolvimento dos carcinomas e o LASER estimulou a proliferação de células malignas. A associação do imiquimode com o LASER necessita de maiores investigações futuras.
  • No references.
  • No related research data.
  • No similar publications.